Uretero-Nefrolitotripsia Flexível com Laser

Uretero-Nefrolitotripsia Flexível com Laser - Hospital Urológico

Por que indicar?

Hoje em dia as cirurgias abertas são procedimentos do passado e as cirurgias percutâneas estão se tornando procedimentos coadjuvantes, sendo realizadas somente em casos muito especiais ou como parte de tratamento em conjunto com outras técnicas associadas. A evolução tecnológica que experimentamos hoje em dia nos permite tratamento "padrão ouro" para os cálculos ureteral e rena devido o seu elevado índice de sucesso na fragmentação dos mesmos e seu baixo índice de complicações.



Com a introdução do ureterorenoscópio flexível as indicações e o índice de sucesso aumentaram significativamente, assim como a redução das complicações. E este sucesso deve-se ao fato do equipamento flexível ser de calibre mais fino e maleável. Desta forma, causa um menor traumatismo ao ureter, permite acessar os cálices renais, devido sua flexibilidade, realizando com maior segurança a quebra de cálculos dentro dos cálices renais. O acesso aos cálices renais com o aparelho semi-rígidos e praticamente impossível devido sua limitada maleabilidade. Desta forma, hoje em dia, e inaceitável a realização do tratamento do cálculo renal que na seja por Nefrolitotripsia Transureteroscópica utilizando a fibra a laser e o laser como fonte de energia litotridora.

O mesmo raciocínio pode ser usado para os cálculos ureterais, não só por se conseguir melhores resultados, bem com o pela redução das complicações e damos aos pacientes evitando-se assim lesões traumáticas no ureter como lacerações iniciais e estreitamentos futuros. Esta ocorrência pode levar a obstrução do ureter causando problemas no esvaziamento renal aumenta a pressão intracavitária. Esta pode levar a destruição progressiva do parênquima renal (hidronefrose) e perda completa do órgão.

O procedimento de litotripsia utilizando-se a energia laser é em geral mais rápido que os demais procedimentos para o tratamento do cálculo urinário. Porém, dependendo do tamanho, densidade e localização do cálculo pode exigir, nestes casos, um tempo excepcionalmente maior.

Assim sendo, podemos afirmar que a Litotripsia transureteroscópica flexível de cálculos urinários utilizando-se o laser e conseqüentemente a fibra laser oferece maior qualidade, segurança e menores riscos de complicações para o paciente, medico e instituições envolvidas.


Fonte: Dr. Evandro de Oliveira Cunha - Médico Urologista - Ex Membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia desde 1981 - Ex Diretor Geral do Hospital Urologico de Brasília.