A disfunção sexual erétil pode ser um marcador prospectivo da doença cardiovascular - Hospital Urológico de Brasília - Asa Sul - Brasília/DF

A disfunção sexual erétil pode ser um marcador prospectivo da doença cardiovascular

A disfunção sexual erétil pode ser um marcador prospectivo da doença cardiovascular - Hospital Urológico

Estudos holandeses publicados no International Journal of Impotence Research  sugere que a disfunção erétil deve ser incorporada dentro dos padrões de riscos para doenças cardiovasculares no homem. De acordo com os pesquisadores, a disfunção erétil compartilha dos mesmos fatores de riscos das doenças cardiovasculares, por exemplo: idade, fumo,diabetes mellitus, hipertensão arterial e hiperlipidemia.

Assim sendo a disfunção erétil pode significar um alarme cardiovascular, ou seja,  o paciente com disfunção erétil pode num futuro próximo ter um evento cardiovascular, sendo a disfunção erétil um sinal inicial. Os pesquisadores realizaram um estudo prospectivo em 1248 homens com idade entre 50 e 75 anos com história de doenças cardiovasculares e descobriram que 2 em cada 6 homens apresentaram quadro de disfunção erétil iniciada há aproximadamente 5 anos antes do evento cardiovascular.


Dr. Evandro de Oliveira Cunha - Diretor Geral - Hospital Urológico de Brasília