WeCreativez WhatsApp Support
Seja Bem-vindo(a) ao Hospital Urológico de Brasília.
Agende sua consulta ou exame conosco ou tire suas dúvidas quanto ao nosso atendimento:

Disfunção erétil ou dificuldade de ereção tem tratamento

disfunção erétil

Se você preferir, ouça este artigo sobre a Disfunção Erétil no YouTube, é só dar “Play” no vídeo abaixo. Não esqueça de se inscrever e ativar o “sino” das notificações para se manter informado(a).

A ereção é um processo complexo e que envolve o cérebro, hormônios, nervos, músculos, vasos e, claro, emoções e funções mentais, como sentidos, memória e atenção. Uma anormalidade em qualquer um desses processos pode causar problemas de ereção, conhecida como disfunção erétil (DE).

Fatores psicológicos, como estresse, também podem piorar o problema.

Na maioria dos casos, há uma combinação de fatores considerados orgânicos e psicológicos.

Como tal, este é um problema normal e bastante comum. A disfunção erétil (DE) afeta cerca de 45% dos homens apenas no Brasil.

Nada está perdido, pelo contrário, felizmente existem tratamentos para a disfunção erétil que melhoram muito a condição e restauram a saúde sexual e a vitalidade.

Antes de continuarmos, alguns esclarecimentos acerca da disfunção erétil:

 

disfunção erétil
O que é Disfunção Erétil?

A disfunção erétil (DE), ou impotência sexual, é uma condição que afeta os homens e associa a dificuldade de alcançar ou manter uma ereção durante o desempenho sexual.

É a incapacidade permanente ou temporária de atingir e manter uma ereção, manter a atividade sexual e a relação sexual plena.

Esta capacidade de manter uma ereção adequada pode ser descontínua e imprevisível, ou mesmo ter uma tendência a manter ereções de curta duração.

Estima-se que cerca de 20% da população masculina total tem um problema de função erétil em algum momento de sua vida. Claro, é mais provável que você tenha DE à medida que envelhece.

disfunção erétilQuais as causas?

A disfunção erétil pode ser devida à diminuição do suprimento de sangue ao corpo cavernoso (insuficiência arterial), uma incapacidade de reter sangue no corpo cavernoso (vazamento venoso) ou uma combinação dos anteriores. As causas que podem causar isso podem ser:

  • Causas mentais: Distúrbios como ansiedade, depressão e até estresse podem afetar a sexualidade. A preocupação excessiva com problemas de relacionamento, trabalho ou família esgota a atenção, a emoção e a prontidão para um ato sexual satisfatório. Fadiga, perda de apetite, estilo de vida sedentário, insônia ou insuficiência também podem afetar o desempenho da função erétil.
  • Causas vasculares: A artéria que fornece sangue ao pênis está sujeita aos mesmos fatores de risco vascular que qualquer outro vaso do corpo. Conseqüentemente, as causas mais comuns de impotência vascular são: diabetes, hipertensão, colesterol alto, tabagismo e doenças cardiovasculares. Operações na próstata, bexiga ou reto e radioterapia na região pélvica também podem danificar esses vasos e causar problemas de ereção.
  • Causas farmacológicas: Existem vários medicamentos que têm os efeitos colaterais de reduzir a função erétil. Isso inclui alguns medicamentos usados ​​para tratar a hipertensão, doenças cardíacas e doenças psiquiátricas.
  • Causas neurológicas: A disfunção erétil de origem neurológica ocorre quando há um problema com a transmissão de comandos que o cérebro envia ao pênis pela medula espinhal. Isso acontece com lesões da medula espinhal, esclerose múltipla, diabetes, insuficiência renal ou cirurgia pélvica. Mas também é causado por insuficiência renal crônica.
  • Causas hormonais: Desequilíbrios hormonais, como falta de testosterona, níveis elevados de prolactina e níveis anormais de hormônios da tireoide podem causar disfunção erétil.
  • Causas anatômicas ou estruturais: Anormalidades do trato genital masculino (hipospádia ou epispádia), micropênis, curvatura peniana congênita, doença de Peyronie.
  • Causas traumáticas: Fratura peniana, lesão, etc.

 

disfunção erétil
Muito cuidado com os medicamentos e tratamentos “milagrosos” na internet

A Internet é uma forma poderosa de obter conhecimentos e informações vitais sobre qualquer assunto. No entanto, há também a outra desvantagem, o charlatanismo com a venda de remédios milagrosos para o tratamento de doenças, incluindo a disfunção erétil, direcionados por vários produtos supostamente infalíveis para resolver o problema da impotência sexual.

Basta fazer uma rápida pesquisa na web que mostrará dezenas de suplementos que afirmam curar a DE. Mas esse tipo de tratamento não é recomendado por especialistas, e várias organizações nacionais e internacionais de drogas alertam que muitos não cumprem suas promessas.

Um estudo descobriu que os comprimidos geralmente contêm medicamentos prescritos que não estão na lista e no rótulo, incluindo o ingrediente ativo do Viagra. Esses medicamentos podem não resolver o problema e podem piorar a condição e desenvolver outras condições clínicas.

Isso coloca os homens em risco de interações medicamentosas perigosas.

Como as causas da disfunção erétil são numerosas, cada paciente deve ser tratado individualmente.

Portanto, é imperativo consultar um urologista especializado no tratamento da disfunção erétil para identificar a causa raiz e o tratamento mais adequado.

 

disfunção erétil
Conheça, então, os tratamentos para a disfunção erétil

Os tratamentos para a disfunção erétil devem ser realizados apenas por um urologista. São vários os tratamentos que, conforme mencionado, dependem da causa e devem ser realizados individualmente. Confira os principais tratamentos para disfunção erétil agora.

Tratamento Não Farmacológico
Nos casos em que haja problema de ereção de origem vascular, é importante tratar os fatores de risco que o causam: Tabagismo, Obesidade, sedentarismo e / ou alimentação inadequada.

A perda de peso por meio de uma dieta saudável e balanceada e exercícios regulares pode melhorar a função sexual.

Tratamentos farmacêuticos
Os inibidores da fosfodiesterase-5 (Sildenafil, Tadaladil, Vardenafil, Avanafil) são medicamentos comumente usados ​​para tratar problemas de ereção. Esses medicamentos são seguros e eficazes e normalizam as ereções em cerca de quatro em cada cinco homens.

Injeção peniana
A injeção peniana é a administração de medicamentos com uma agulha muito fina. Drogas como Viagra, Cialis ou Levitra não funcionam para todos os homens que sofrem de disfunção erétil. No entanto, a terapia de injeção peniana é outra opção viável. Injetar uma agulha no pênis pode parecer intimidante, mas cerca de 20% dos homens estão muito satisfeitos com esta terapia.

Prótese peniana
Em alguns casos de disfunção erétil, o implante de uma prótese pode ser mais apropriado.

Próteses penianas são dispositivos que são colocados no pênis para otimizar sua rigidez.

São colocados através de uma incisão no escroto que deixa uma cicatriz discreta. O período pós-operatório geralmente é curto e a relação sexual pode ser reiniciada após 4 a 6 semanas. A sensibilidade, o toque e o orgasmo não são afetados após a inserção da prótese.

Terapia por ondas de choque
O tratamento com o dispositivo de ondas de choque de baixa pressão é uma alternativa inovadora ao tratamento da disfunção erétil.

As ondas são emitidas em baixa intensidade, o suficiente para aumentar o fluxo sanguíneo para o local.

A terapia por ondas de choque melhora a qualidade da ereção em pacientes com diabetes, doença de Peyronie e outros distúrbios urológicos. É minimamente invasivo, indolor e não tem efeitos colaterais.

 

disfunção erétil
Procure sempre a ajuda de um especialista

É de suma importância procurar a ajuda de um médico urologista a fim de preservar a saúde do homem. Disfunção erétil não é brincadeira! Portanto, nunca se automedique ou se submeta a tratamentos e medicamentos “milagrosos”.

Não hesite em buscar ajuda, a Disfunção Erétil tem tratamento. Procure um urologista que ofereça confiança durante o atendimento.


Entre em contato conosco para agendar uma avaliação


Se preferir Agende por Telefone ou Whatsapp. É só clicar no link e ligar ou nos mandar mensagem!

Telefone: +55(61)3345-9300
Whatsapp: +55(61)99947-7815